História

A história da OPEM S.P.A finca suas raízes no território de Parma, para logo depois levantar voo rumo aos mercados nacionais e internacionais. É a história de uma pequena empresa familiar, fundada em 1974 por Fabio Binacchi, que começa suas operações com a aquisição de uma atividade que atuava no setor das massas alimentares. Dali se formaram as bases para aquela que será a OPEM do futuro.

No início, os funcionários eram dez e o mercado do café ainda estava distante, mas gradativamente a empresa passou a percorrer o caminho das patentes de máquinas destinadas às indústrias do setor alimentício, onde a demanda contínua por novas soluções de pesagem e acondicionamento impulsionou a empresa a conceber e oferecer novos equipamentos utilizáveis também em diversos setores. Fabio Binacchi começou a trabalhar com o sistema da terceirização e, graças à experimentação, iniciou a explorar o campo do acondicionamento não apenas de massa e biscoitos, que nunca abandonou, mas também do café.

O comprometimento profissional sempre visou uma busca constante de soluções inovadoras para o melhoramento dos desempenhos e da qualidade dos equipamentos. Uma filosofia empresarial que conduziu a OPEM a níveis tecnológicos de excelência, capazes de satisfazer os desenvolvimentos produtivos exigidos pelo mercado, conservando ao mesmo tempo um cuidado artesanal na realização dos produtos.

Nos anos oitenta, a OPEM já trabalhava com grandes clientes, tais como Barilla e Kimbo, e com o passar dos anos sobretudo grandes grupos e grandes empresas estrangeiras passam a escolher a OPEM. O surgimento dos sachês e das cápsulas, com um mercado em forte aumento, permitiu à empresa crescer e expandir-se graças à perspicácia da direção e à produção de equipamentos extremamente flexíveis, capazes de se adaptar e atender às exigências dos vários clientes.

Em 1984 a empresa mudou-se para a zona industrial de Parma onde opera até hoje, dando emprego a 105 funcionários.